O que fazer com o lixo eletrônico?

Publicado em : 24/09/2014

Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) apontam que cada brasileiro produz por ano cerca de meio quilo de lixo eletrônico. Considerando que o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) mostrou que o país tem hoje mais de 190 milhões de habitantes, chega-se a um número de 95 mil toneladas de lixo eletrônico a cada ano.

Todo este resíduo carrega uma grande quantidade de substâncias tóxicas e metais pesados que, se lançados no meio ambiente, podem contaminar o solo, lençóis freáticos e cursos d’água.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) estabelece um conjunto de ações para facilitar o retorno dos resíduos aos seus geradores, para que sejam tratados e reaproveitados em novos produtos. É a chamada logística reserva.

Mas a preocupação com o meio ambiente e com a saúde, não se restringe somente às empresas. O cidadão, que muitas vezes descarta irregularmente pilhas e baterias velhas, DVDs, computadores, celulares, entre outros, também tem um papel fundamental.

Confira abaixo algumas dicas do que fazer para contribuir com a redução do lixo eletrônico e seu descarte correto.

– Só descarte se realmente for necessário

Procure melhorar seu computador ao invés de comprar um novo. Veja se o produto ainda está na garantia, assim você nem precisa gastar com o conserto. O mesmo serve para geladeiras, celulares e outros eletroeletrônicos.

– Compartilhe

Se você está realmente decidido a trocar seu celular ou computador por um novo, mesmo ele ainda tendo condições de uso, doe para um amigo que não tem. Desta forma ele não precisará comprar.

– Venda

Se você não quiser doar o seu aparelho, venda. Se estiver funcionando perfeitamente, você pode anunciá-lo em sites na internet.

– Prefira empresas que se preocupam com os impactos dos produtos

Na hora de comprar dê preferência às empresas que demonstram maior preocupação com os impactos da fabricação e do descarte de seus produtos sobre o meio ambiente. Esta escolha valoriza as boas práticas e estimula as empresas a manterem essa conduta.

– Recicle baterias e celulares

Lojas de celular recebem baterias e aparelhos velhos para reciclagem. As empresas aceitam modelos usados e acessórios eletrônicos para reaproveitar. Informe-se!

– Pesquise

Existem hoje no Brasil diversos postos de coleta e reciclagem de lixo eletrônico. No site E-lixo, você pode fazer uma busca dos locais mais próximos da sua casa de acordo com o tipo de lixo.

– Mobilize

É importante que atitudes conscientes sejam compartilhadas com seus amigos e familiares. Divulgue a maneira certa para descartar os equipamentos e aparelhos que você não utiliza mais.

Fique por Dentro

Plástico e Meio Ambiente: Uma visão através da Avaliação do Ciclo de Vida - ACV

Publicado em 27/10/2014

CICLO DE DEBATES PROMOVIDO PELA COORDENADORIA DE
PLANEJAMENTO AMBIENTAL / SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE - GESP
PLÁSTICOS: USOS E DEGRADABILIDADE

Sacos de lixo x sacolas plásticas: qual é a melhor opção?

Publicado em 22/10/2014 UH News - Eduardo Coelho

Seis dicas para diminuir a quantidade de lixo

Publicado em 24/09/2014

Como diminuir a quantidade de lixo em 6 passos.

Como separar o lixo reciclável

Publicado em 07/03/2014 Gazeta do Povo

Erros comuns comprometem a coleta e são cometidos pelos cidadãos que acham que estão colaborando com a destinação correta do lixo